Interação entre biomoléculas

Agronomia Bioquímica

As interações entre as biomoléculas podem ser do tipo covalente ou intermolecular

 

Nas ligações covalentes o par de elétrons é compartilhado por dois átomos. Podemos citar como exemplo a ligação peptídica entre dois aminoácidos, as pontes dissulfeto entre dois átomos de enxofre presentes nas estruturas terciárias de algumas proteínas e a ligação glicosídica entre dois monossacarídeos.
As forças intermoleculares são não-covalentes e mais fracas que as covalentes pois não ocorre o compartilhamento de um par de elétrons. Nessas forças ocorre a atração entre as cargas parciais positivas e negativas de dois átomos de moléculas diferentes fazendo com que as moléculas se aproximem. Existem quatro principais tipos de forças intermoleculares: forças de Van der Waals, eletrostática, ligação de hidrogênio, interação dipolo-dipolo.

Forças de Van der Waals

Nesse tipo de interação intermolecular, a distribuição de cargas em torno de uma molécula muda com o tempo, dessa forma em um dado momento a distribuição de cargas não é simétrica e um lado da molécula apresentará uma grande quantidade de cargas negativas, por exemplo, induzindo dessa forma que uma outra molécula vizinha apresente uma quantidade de cargas positivas correspondente de um lado da molécula, ocorrendo dessa forma a atração entre esses dipolos formados nas moléculas.

Forças de Van der Waals.

Forças de Van der Waals.

Nessa interação, uma molécula induz a formação de um dipolo na outra sendo consideradas as interações mais fracas existentes. Esse tipo de interação ocorre entre os grupos R de aminoácidos apolares.

 

Interação dipolo-dipolo

As forças dipolo – dipolo são interações entre moléculas polares sendo consideradas forças intermediárias.

Interação do tipo dipolo-dipolo.

Interação do tipo dipolo-dipolo.

Na molécula da acetona o átomo de oxigênio, mais eletronegativo, faz uma dupla ligação com o átomo de carbono, menos eletronegativo. Dessa forma há a formação de um dipolo na molécula pois o par de elétrons da ligação C=O estará mais próximo do átomo de oxigênio pois este é o átomo mais eletronegativo. Este adquire carga parcial negativa e deixa o outro lado da molécula (átomo de carbono) com carga elétrica parcial positiva. O lado negativo de uma molécula atrai o positivo da outra e dessa forma ocorre a interação entre as moléculas.

 

Atração eletrostática

Esse tipo de interação é o resultado das forças atrativas entre cargas opostas efetivas de funções polares, ou seja, ocorre devido a atração de uma molécula carregada positivamente com outra molécula carregada negativamente. Essas interações são consideradas as mais fortes existentes e ocorrem entre radicais carregados de aminoácidos.

 

Ligação de Hidrogênio

A ligação de hidrogênio é a interação entre o átomo de hidrogênio ligado a um átomo de O, N ou F de uma molécula com o átomo de N, O ou F de outra molécula. A ligação de hidrogênio é uma força intermolecular mais fraca que a íon-íon mais é mais forte que as forças de Van der Waals ou dipolo – dipolo.
Uma explicação plausível para a formação das ligações de hidrogênio é a de que o par de elétrons que liga um átomo de hidrogênio a um átomo altamente eletronegativo está efetivamente afastado do núcleo do hidrogênio, diminuindo muito a densidade de carga negativa ao redor do núcleo de hidrogênio que é um simples próton. Assim, o próton não blindado atrai elétrons que circundam o átomo eletronegativo de uma molécula vizinha.

Ligação de hidrogênio entre as moléculas de água.

Ligação de hidrogênio entre as moléculas de água.

São consideradas interações de força intermediária e ocorrem entre grupos polares sem carga dos aminoácidos polares.

 

Interação Hidrofóbica

Além desses quatro tipos, existem ainda as interações hidrofóbicas que são atribuídas devido a forte tendência das moléculas de água excluírem grupos ou moléculas apolares. Essas interações ocorrem entre solutos não polares e a água.

Interação hidrofóbica entre solvente apolar e a água.

Interação hidrofóbica entre solvente apolar e a água.

Moléculas apolares de solutos se aglomeram entre si na presença de água, não porque tenham primariamente uma alta afinidade uma pela outra, mas porque a água liga-se fortemente a si mesma.

Categorias: Agronomia, Bioquímica | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Organização e estrutura celular

Agronomia Bioquímica

Um breve resumo da estrutura celular e funções das organelas

 

Os seres vivos podem se classificar de acordo com sua estrutura celular em procariontes e eucariontes.

As células procarióticas têm uma estrutura muito simples pois não possuem membrana nuclear nem a maioria das organelas, possuindo apenas uma única membrana plasmática.

As células eucarióticas são muitos maiores em tamanho que as anteriores, possuem um núcleo delimitado por uma membrana e diversos compartimentos especializados para cada função (complexo de Golgi, mitocôndria e outros).

Estrutura da célula animal.

Dentro de uma célula eucariótica encontram-se:
Ribossomo – síntese de proteínas;
Aparelho de Golgi – eliminação de secreção celular;
Lisossomo – digestão celular;
Membrana plasmática – proteção e transporte de substâncias na célula;
Mitocôndria – respiração celular;
Centríolos – fazem parte da divisão celular;
Parede celular – esqueleto de sustentação da célula vegetal;
Retículo endoplasmático liso – sintetiza lipídeos e armazena cálcio no músculo;
Retículo endoplasmático rugoso – facilita o transporte de substâncias na célula e produz proteínas da membrana;
Vacúolo contrátil – cavidades do citoplasma que se encarregam de eliminar água;
Vacúolo de suco celular – cavidades que acumulam água em vegetais;
Cloroplasto – responsável pela síntese de proteínas e reprodução na célula vegetal.

Esquematização da célula vegetal.

Esquematização da célula vegetal.

Categorias: Agronomia, Biologia, Bioquímica | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Biomoléculas – constituintes básicos à síntese celular

Agronomia Bioquímica

Todos os seres vivos usam o mesmo tipo de moléculas e energia em seu metabolismo. O aparato celular de organismos vivos é construído a partir de compostos orgânicos, as biomoléculas

 

As biomoléculas são moléculas de compostos orgânicos que constituem os seres vivos como: proteínas, ácidos nucleicos, polissacarídeos. Os polímeros formados por algumas moléculas orgânicas são importantes para a construção do organismo pois é através deles que se formam as biomoléculas poliméricas.
Os polímeros são formados pelos monômeros (pequenas moléculas orgânicas que se polimerizam). Os principais monômeros que constituem os organismos vivos são: aminoácidos, nucleotídeos e os monossacarídeos.
Os aminoácidos reagem entre si dando origem às proteínas que constituem grande parte das células. A Figura 2 mostra a formação de um dipeptídio. As proteínas são importantes no controle do transporte de substâncias pela membrana, na atividade dos genes, na contração muscular e nos movimentos internos da célula. A representação geral dos aminoácidos é mostrada na Figura 1.

aminoácido

Os nucleotídeos são estruturas formadas por três substâncias químicas: base nitrogenada, pentose e fosfato como mostra a Figura 3. São os nucleotídeos que se encadeiam e dão origem ao ácidos nucleicos (DNA e RNA) que desempenham papel fundamental no núcleo.

nucleotídeo

O DNA forma os genes, que dão origem aos cromossomos, e é responsável pela transmissão das características hereditárias e com o auxílio do RNA, controla a produção de proteínas das células determinando as características dos seres vivos.
Nos cromossomos encontramos o código genético que é a relação entre a seqüência de nucleotídeos nos ácidos nucleicos e a seqüência de aminoácidos em uma proteína. Esse código é de grande importância pois é a partir dele que surgem as diferenças entre os organismos vivos. De acordo com a seqüência de bases nitrogenadas e a sua quantidade em uma fita de DNA gera-se uma informação genética para a síntese de uma proteína específica que construirá a célula. Com um conjunto de informações que varia muito, forma-se uma grande variedade de organismos vivos.
Os polissacarídeos são glicídios de longa cadeia constituídos pela união de vários monossacarídeos (açúcares) como mostra a Figura 5. Esses polissacarídeos são importantes pois são fontes de energia para o organismo e constituem certas estruturas importantes nos organismos. Na Figura 4, temos a glicose (monossacarídeo).

glicose

sacarose

De modo geral, podemos esquematizar as biomoléculas, abordadas nesta postagem, da seguinte forma:
biomoléculas

Categorias: Agronomia, Bioquímica | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Hidrostática: Empuxo do Ar

Agro hidráulica

Aula 16 de Hidrostática

 

Posto esse curso de Hidrostática, base para a cadeira de Hidráulica, na qual estarei matriculado neste semestre. Aproveitei as férias para relembrar alguns conceitos, então compartilho esse vídeo, do professor José Fernando Grings, com vocês:

 

 

Aconselho se inscreverem no canal deste professor, pois seus vídeos me ensinaram Cálculo e Estatística Básica. Agora encaro Hidráulica, e espero êxito. Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Água, Física, Hidráulica | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Donkey Kong Country – Detonado – Mundo 06

games

Especial Donkey Kong Country, com dicas, história e vídeos

Donkey Kong CountryDonkey Kong Country é um jogo de plataforma em 2D desenvolvido pela Rare, estrelando o personagem Donkey Kong. O jogo foi lançado no Super Nintendo Entertainment System em 1994. Após uma intensa campanha publicitária, a versão original para SNES vendeu mais de 9 milhões de cópias, fazendo deste o segundo jogo mais bem vendido para a plataforma. Este foi o primeiro jogo Donkey Kong a não ser produzido nem dirigido porShigeru Miyamoto, o criador do personagem; ao invés, o jogo foi produzido por Tim Stamper, embora Miyamoto ainda estivesse envolvido no projeto.

O jogo foi posteriormente adaptado ao Game Boy Color em 2000, ao Game Boy Advance em 2003, e disponibilizado no Virtual Consoleem 2006.

 

Sinopse

Em Donkey Kong Country, Donkey Kong, ao lado de seu sobrinho e companheiro inseparável Diddy Kong, devem recuperar as bananas roubadas por King K. Rool e seus capangas, os Kremlings. Após verificar o vazio esconderijo de bananas, localizado logo abaixo de sua casa em Kongo Jungle, Donkey Kong embarca em uma aventura em sua terra nativa, a Ilha Donkey Kong. Enquanto coleta as bananas nas diferentes regiões da ilha, Donkey Kong deve derrotar vários inimigos, incluindo os repteis Kremlings, além de outras perigosas criaturas nativas da ilha. Ajudando-o em sua missão estão alguns dos outros Kongs da família: Diddy acompanha Donkey Kong em sua aventura, Cranky providencia dicas (e alívio cômico), Candy opera os pontos de gravação ao redor da ilha, e Funky oferece meio de transporte. Também apoiando Donkey Kong em certas ocasiões estão vários ‘colegas animais’ (o rinoceronte Rambi, a avestruz Expresso, o peixe-espada Enguarde, o sapo Winky, e o papagaio Squawks), cada um com habilidades diferentes. Após superar as diferentes áreas da ilha, Donkey Kong finalmente chega ao navio pirata Gangplank Galleon, onde o arquirrival de Donkey Kong e líder dos Kremlings, King K. Rool, o aguarda. Após derrotá-lo, o jogo termina, com a cena final mostrando o esconderijo de bananas de Donkey Kong em toda sua antiga glória, cheia de bananas novamente.

 

Detonado – Mundo 06: Chimp Caverns

Fase 1: Tanked up Trouble

Bonus 1: No inicio da fase, pegue o elevador, e no 1º ferro onde ele for subir, pule no buraco na reta do ferro (o bonus é invisível).

Fase 2: Manic Mincers

Bônus 1: Após o check point, vai ter um barril, um jacaré e uma descida com 2 paredes, jogue na da direita.
Bônus 2: Entre na caverninha depois dos pneus.
Bônus 3: ao sair do bônus 2, pegue o barril TNT e jogue-o mais a frente.

Fase 3: Misty Mine

Bônus 1: Após o marcador de fase, desça na próxima corda e entre.
Bônus 2: Pouco depois de sair do bônus 1, leve o TNT até uma parede mais a frente.

Fase 4: Loopy Lights

Bônus 1: Ao iniciar a fase, caia no 1º buraco.
Bônus 2: Pegue o barril abaixo da ave e quebre-o mais a frente na parede.

Fase 5: Plataform Perils

Bônus 1: No inicio, caia abaixo da 1ª plataforma indicando pra frente e uma outra o levara ao barril estrela.
Bônus 2: Na ultima plataforma da fase, caia junto com ela.

 

Vídeo

Dicas extras:

Então, ao final desta série, listo abaixo os truques na tela principal:

Começar com 50 vidas:
Na tela principal, escolha a opção para carregar um jogo existente, deixe o cursor sobre o “Erase Game” e faça a combinação: B A R R A L. Agora basta escolher um jogo para carregar e você começará com 50 vidas!

Praticar os Round Bônus:
Quando o vídeo de introdução estiver rolando, aperte Y ↓ ↓ Y e você será teleportado para uma sala onde pode escolher qual dos Rounds Bônus quer jogar!

Modo interativo para dois jogadores:
Na tela principal, escolha a opção para carregar um jogo existente, deixe o cursor sobre o “Erase Game” e faça a combinação: B A B ↑ ↓ ↓ Y A, e inicie um jogo para dois jogadores, agora o jogador inativo pode apertar Select a qualquer momento e
assumir o controle.

Testar as Músicas:
Na tela principal, escolha a opção para carregar um jogo existente, deixe o cursor sobre o “Erase Game” e faça a combinação: A R B Y A Y, agora basta apertar Select para trocar a música que estiver tocando!

 

Jogar

Gostou? O jogo está disponível clicando aqui. E assim encerra-se esta série sobre um dos clássicos da Nintendo®. Em breve farei outra sobre Donkey Kong Country Returns, do Nintendo Wii.

Categorias: Games, SNES | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Hidrostática: Empuxo – Exercicios de reforço

Agro hidráulica

Aula 15 de Hidrostática

 

Posto esse curso de Hidrostática, base para a cadeira de Hidráulica, na qual estarei matriculado neste semestre. Aproveitei as férias para relembrar alguns conceitos, então compartilho esse vídeo, do professor José Fernando Grings, com vocês:

 

 

Aconselho se inscreverem no canal deste professor, pois seus vídeos me ensinaram Cálculo e Estatística Básica. Agora encaro Hidráulica, e espero êxito. Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Água, Física, Hidráulica | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Contra-filé crocante

Receitas

Contra-filé crocante

 

Tipo de Prato: Prato Principal

Tempo de Preparo: de 30 min a 1 hora

Rendimento: 4 porções

 

Ingredientes

  • 500 Grama(s) contrafilé cortado em bifes finos
  • 1 Colher(es) de chá gengibre ralado
  • 1 Unidade(s) maionese
  • 1/2 Embalagem biscoito cream cracker moído

Para untar

  • Margarina a gosto

 

Modo de Preparo

1.Preaqueça o forno em temperatura média (180º C).

2.Unte uma assadeira retangular média (33 x 23 cm).

3.Reserve.

4.Em uma tigela média, coloque os filés e tempere com o gengibre.

5.Besunte a maionese até envolver totalmente a carne.

6.Empane nos biscoitos triturados e coloque na assadeira reservada.

7.Leve ao forno por 20 minutos ou até dourar.

8.Sirva com folhas verdes.

Variação

Se preferir junte aos biscoitos triturados 1 colher (chá) de queijo ralado.

Categorias: Prato Principal, Receitas | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Hidrostática: Origem do empuxo

Agro hidráulica

Aula 14 de Hidrostática

 

Posto esse curso de Hidrostática, base para a cadeira de Hidráulica, na qual estarei matriculado neste semestre. Aproveitei as férias para relembrar alguns conceitos, então compartilho esse vídeo, do professor José Fernando Grings, com vocês:

 

 

Aconselho se inscreverem no canal deste professor, pois seus vídeos me ensinaram Cálculo e Estatística Básica. Agora encaro Hidráulica, e espero êxito. Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Física, Hidráulica | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Donkey Kong Country – Detonado – Mundo 05

games

Especial Donkey Kong Country, com dicas, história e vídeos

Donkey Kong CountryDonkey Kong Country é um jogo de plataforma em 2D desenvolvido pela Rare, estrelando o personagem Donkey Kong. O jogo foi lançado no Super Nintendo Entertainment System em 1994. Após uma intensa campanha publicitária, a versão original para SNES vendeu mais de 9 milhões de cópias, fazendo deste o segundo jogo mais bem vendido para a plataforma. Este foi o primeiro jogo Donkey Kong a não ser produzido nem dirigido porShigeru Miyamoto, o criador do personagem; ao invés, o jogo foi produzido por Tim Stamper, embora Miyamoto ainda estivesse envolvido no projeto.

O jogo foi posteriormente adaptado ao Game Boy Color em 2000, ao Game Boy Advance em 2003, e disponibilizado no Virtual Consoleem 2006.

 

Sinopse

Em Donkey Kong Country, Donkey Kong, ao lado de seu sobrinho e companheiro inseparável Diddy Kong, devem recuperar as bananas roubadas por King K. Rool e seus capangas, os Kremlings. Após verificar o vazio esconderijo de bananas, localizado logo abaixo de sua casa em Kongo Jungle, Donkey Kong embarca em uma aventura em sua terra nativa, a Ilha Donkey Kong. Enquanto coleta as bananas nas diferentes regiões da ilha, Donkey Kong deve derrotar vários inimigos, incluindo os repteis Kremlings, além de outras perigosas criaturas nativas da ilha. Ajudando-o em sua missão estão alguns dos outros Kongs da família: Diddy acompanha Donkey Kong em sua aventura, Cranky providencia dicas (e alívio cômico), Candy opera os pontos de gravação ao redor da ilha, e Funky oferece meio de transporte. Também apoiando Donkey Kong em certas ocasiões estão vários ‘colegas animais’ (o rinoceronte Rambi, a avestruz Expresso, o peixe-espada Enguarde, o sapo Winky, e o papagaio Squawks), cada um com habilidades diferentes. Após superar as diferentes áreas da ilha, Donkey Kong finalmente chega ao navio pirata Gangplank Galleon, onde o arquirrival de Donkey Kong e líder dos Kremlings, King K. Rool, o aguarda. Após derrotá-lo, o jogo termina, com a cena final mostrando o esconderijo de bananas de Donkey Kong em toda sua antiga glória, cheia de bananas novamente.

 

Detonado – Mundo 05: Kremkroc Industries Inc.

Fase 1: Oil Drum Alley

Bônus 1: No inicio, pule na corda e no chão preto, e estoure o barril no outro q esta pegando fogo.
Bônus 2: Pouco depois da letra “K”, pule no chão preto e estoure na parede da esquerda.
Bônus 3: Dentro do bônus 2, consiga 1 bananinha pra cada barril, você ira ganhar um novo barril, segure-o e pule contra a parede da direita (não basta só quebrar o barril, tem q pular contra a parede mesmo).
Bônus 4: Após o marcador de fase, caia no buraco, pegue rambi e va pra frente até achar uma parede com um barril de fogo acima, quebre a parede com rambi ou use algum barril.

Fase 2: Trick Track Trek

 

Bônus 1: Quando o elevador parar, de um pulão pra frente.
Bônus 2: Quando o elevador estiver descendo e tiver 2 topeiras, pule nelas e pule no barril estrela.
Bônus 3: No final da fase, mate o macaco que joga barril e caia no buraco.

Fase 3: Elevators Antics

Bônus 1: Logo no inicio, pule na corda e entre no buraco.
Bônus 2: Onde estiver 3 cordas e 3 abelhas, na 3º corda, suba ao Maximo e pule pra direita.
Bônus 3: No final da fase, desça junto com os 2 elevadores.

Fase 4: Poison Pond (Não tem bônus)

Enguarde 1: Inicie a fase segurando pra trás.
Enguarde 2: Depois do check point, não suba, va pela direita.

Fase 5: Mine Cart Madness

Bônus 1: Pule na corda, caia em cima de outro vagão e pule pra achar o bônus.
Bônus 2: Pouco depois do check point, pule no pneu e no barril estrela.
Bônus 3: No fim da fase, pule nos pneus e alcance o barril estrela.

Fase 6: Blackout Basement

Bônus 1: Nas plataformas indicando pra baixo, caia na que tiver uma banana.
Bônus 2: Após o bônus 1, bata no chão diferente, pegue o barril e leve-o onde estiver uma flecha indicando a parede (se quiser, faça isso usando o esquema de jogar o barril na parede e pular em cima dele após pega-lo).

 

Vídeo

 

Jogar

Gostou? O jogo está disponível clicando aqui. Em breve o Mundo 06. Até lá!

Categorias: Games, SNES | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Hidrostática: Empuxo – Exercícios

Agro hidráulica

Aula 13 de Hidrostática

 

Posto esse curso de Hidrostática, base para a cadeira de Hidráulica, na qual estarei matriculado neste semestre. Aproveitei as férias para relembrar alguns conceitos, então compartilho esse vídeo, do professor José Fernando Grings, com vocês:

 

 

Aconselho se inscreverem no canal deste professor, pois seus vídeos me ensinaram Cálculo e Estatística Básica. Agora encaro Hidráulica, e espero êxito. Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Água, Física, Hidráulica | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Panquecas com creme de banana

Receitas

Panquecas com creme de banana

 

Tipo de Prato: Sobremesa

Tempo de Preparo: 40 min

Rendimento: 12 porções

Ingredientes

Massa

 

  • 1 ovo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • meia xícara (chá) de açúcar GUARANI
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 pitada de sal

Recheio

 

  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 2 bananas-nanicas picadas
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • meia xícara (chá) de leite

 

Modo de preparo

Massa

 

  1. Bata no liquidificador o ovo, o leite, o açúcar GUARANI, a farinha e o sal. Reserve.
  2. Leve ao fogo uma frigideira pequena (18 cm de diâmetro) ligeiramente untada e coloque meia concha de massa reservada, cobrindo bem o fundo.
  3. Quando as bordas começarem a levantar, vire e doure do outro lado. Repita a operação com o restante da massa. Reserve.

Recheio

  1. Em uma panela, coloque o açúcar GUARANI e leve ao fogo até caramelizar.
  2. Junte a água e deixe ferver por 10 minutos.
  3. Acrescente as bananas, a canela e cozinhe por 10 minutos.
  4. Junte a farinha dissolvida no leite e mexa até engrossar. Deixe esfriar.

Montagem

Coloque uma porção de recheio sobre cada panqueca e enrole ou dobre duas vezes. Sirva em seguida.

Variação

Substitua a banana por maçã, abacaxi ou pera.

 

 

Categorias: Receitas, Sobremesas | Tags: , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Hidrostática: Empuxo

Agro hidráulica

Aula 12 de Hidrostática

 

Posto esse curso de Hidrostática, base para a cadeira de Hidráulica, na qual estarei matriculado neste semestre. Aproveitei as férias para relembrar alguns conceitos, então compartilho esse vídeo, do professor José Fernando Grings, com vocês:

 

 

Aconselho se inscreverem no canal deste professor, pois seus vídeos me ensinaram Cálculo e Estatística Básica. Agora encaro Hidráulica, e espero êxito. Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Água, Física, Hidráulica | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Donkey Kong Country – Detonado – Mundo 04

games

Especial Donkey Kong Country, com dicas, história e vídeos

Donkey Kong CountryDonkey Kong Country é um jogo de plataforma em 2D desenvolvido pela Rare, estrelando o personagem Donkey Kong. O jogo foi lançado no Super Nintendo Entertainment System em 1994. Após uma intensa campanha publicitária, a versão original para SNES vendeu mais de 9 milhões de cópias, fazendo deste o segundo jogo mais bem vendido para a plataforma. Este foi o primeiro jogo Donkey Kong a não ser produzido nem dirigido porShigeru Miyamoto, o criador do personagem; ao invés, o jogo foi produzido por Tim Stamper, embora Miyamoto ainda estivesse envolvido no projeto.

O jogo foi posteriormente adaptado ao Game Boy Color em 2000, ao Game Boy Advance em 2003, e disponibilizado no Virtual Consoleem 2006.

 

Sinopse

Em Donkey Kong Country, Donkey Kong, ao lado de seu sobrinho e companheiro inseparável Diddy Kong, devem recuperar as bananas roubadas por King K. Rool e seus capangas, os Kremlings. Após verificar o vazio esconderijo de bananas, localizado logo abaixo de sua casa em Kongo Jungle, Donkey Kong embarca em uma aventura em sua terra nativa, a Ilha Donkey Kong. Enquanto coleta as bananas nas diferentes regiões da ilha, Donkey Kong deve derrotar vários inimigos, incluindo os repteis Kremlings, além de outras perigosas criaturas nativas da ilha. Ajudando-o em sua missão estão alguns dos outros Kongs da família: Diddy acompanha Donkey Kong em sua aventura, Cranky providencia dicas (e alívio cômico), Candy opera os pontos de gravação ao redor da ilha, e Funky oferece meio de transporte. Também apoiando Donkey Kong em certas ocasiões estão vários ‘colegas animais’ (o rinoceronte Rambi, a avestruz Expresso, o peixe-espada Enguarde, o sapo Winky, e o papagaio Squawks), cada um com habilidades diferentes. Após superar as diferentes áreas da ilha, Donkey Kong finalmente chega ao navio pirata Gangplank Galleon, onde o arquirrival de Donkey Kong e líder dos Kremlings, King K. Rool, o aguarda. Após derrotá-lo, o jogo termina, com a cena final mostrando o esconderijo de bananas de Donkey Kong em toda sua antiga glória, cheia de bananas novamente.

 

Detonado – Mundo 04: Gorilla Glacier

Fase 1: Snow Barrel Blast

Bônus 1: No inicio, pule na casa e espere o urubu e use-o pra alcançar o bônus.
Bônus 2: Ao cair no check point, volte um pouco e caia.
Bônus 3: Ao sair do bônus 2, depois de vários urubus, jogue-se pra baixo.

Fase 2: Slipslide Ride

Bônus 1: No inicio, espere o jacaré e use-o pra alcançar a corda.
Bônus 2: Na 1ª corda q desce, pule pra frente, pegue o barril e quebre-o mais abaixo numa parede.
Bônus 3: Onde tiver varias cordas com abelhas acima, vá na ultima e suba quase tudo, pule no barril estrela.

Fase 3: Ice Age Alley

Bônus 1: Pule nos 2 urubus e alcance o barril estrela.
Bônus 2: Com expresso (pegue-o no inicio da fase indo pra trás), ao chegar num barril de ferro, voe e alcance o barril estrela.

Fase 4: Croctopus Chase (Não tem bônus)

Engurade: Depois da letra “N”, suba um pouco e vá pela esquerda.

Fase 5: Torchlight Trouble

Bônus 1: Após o check point, jogue o barril na parede.
Bônus 2: No final da fase, faça a mesma coisa.

Fase 6: Rope Bridge Rumble

Bônus 1: No inicio, passe pelo jacaré e caia entre os 2 pneus.
Bônus 2: Após a letra “G”, pule no pneu e na banana bem acima da tela.

 

Vídeo

 

Jogar

Gostou? O jogo está disponível clicando aqui. Em breve o Mundo 05. Até lá!

Categorias: Games, SNES | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Hidrostática: Vasos comunicantes

Agro hidráulica

Aula 11 de Hidráulica

 

Posto esse curso de Hidrostática, base para a cadeira de Hidráulica, na qual estarei matriculado neste semestre. Aproveitei as férias para relembrar alguns conceitos, então compartilho esse vídeo, do professor José Fernando Grings, com vocês:

 

 

Aconselho se inscreverem no canal deste professor, pois seus vídeos me ensinaram Cálculo e Estatística Básica. Agora encaro Hidráulica, e espero êxito. Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Água, Física, Hidráulica | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Frango com Batata Doce e Milho Verde

Receitas

Frango com Batata Doce e Milho Verde

 

Tipo de Prato: Prato Principal

Tempo de Preparo: mais de 1 hora

Rendimento: 6 porções

 

Ingredientes

  • 800 Grama(s) de coxa e sobrecoxa de frango
  • 2 Unidade(s) batatas doces roxas cortadas ao meio (200g)
  • 2 Unidade(s) milhos verdes cortados ao meio (200g)
  • 1 Embalagem de tempero para frangos

 

Modo de preparo

1.Abra a parte superior da embalagem do tempero para frangos e retire o saquinho plástico.

2.Coloque, dentro do saquinho, as coxas e sobrecoxas de frango, as batatas doces e os milhos verdes.

3.Abra a parte inferior da embalagem do tempero para frangos e coloque o tempero dentro do saquinho.

4.Misture suavemente até que o todos ingredientes fiquem cobertos pelo tempero. Feche bem o saquinho com o lacre

5.Coloque em um refratário, leve ao forno e asse por 1 hora ou até dourar.

6.Retire do forno e corte cuidadosamente o saquinho plástico.

7.Coloque em uma travessa. Sirva quente.

Categorias: Aves, Prato Principal, Receitas | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com. O tema Adventure Journal.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: