Bifes de Frango Empanados

Receitas

 

13669090_314789735524031_8913484955580875316_n

Tipo de Prato: Prato Principal

Tempo de Preparo: mais de 1 hora

Rendimento: 4 porções

 

Ingredientes

  • 1 kg de files de peito de frango
  • 1 limão
  • sal e pimenta a gosto
  • 2 ovos batidos
  • farinha de rosca

 

Modo de preparo

  1. Lave e tempere o frango com sal e um pouco de pimenta.
  2. Esprema o sumo do limão sobre frango e deixe marinar durante 2 horas.
  3. Coloque num prato a farinha de rosca e, em outro, os ovos batidos.
  4. Passe o frango pelo ovo, depois pela farinha de rosca e reserve.
  5. Aqueça o óleo numa frigideira.
  6. Quando estiver bem quente, frite os bifes de frango já empanados, virando aos poucos e com cuidado.
  7. Reserve numa travessa com papel de cozinha absorvente.
  8. Quando todos estiverem empanados, decore com rodelas de limão e sirva acompanhado de um arroz branco e salada a gosto.
Categorias: Aves, Prato Principal, Receitas | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Manjar dos Deuses Gourmet

Receitas

 

13645171_314846462185025_6696553016397348561_n

Tipo de Prato: Sobremesa

Tempo de Preparo: mais de 1 hora

Rendimento: 4 porções

 

Ingredientes

  • 01 litro de leite (1000 ml)
  • 01 lata de leite condensado (300 ml) (395 gr)
  • 01 caixa  de creme de leite (250 ml) (200 gr)
  • 02 colheres de sopa de açúcar
  • ½ xc chá de amido de milho (100 ml)
  • 01 vidro de leite de coco (200 ml)
  • 01 pacote de coco ralado (100 gr)

 

Modo de preparo

  1. Em uma panela misture todos os ingredientes.
  2. Leve ao fogo médio atéengrossar bem, mexendo sempre.
  3. Untar com manteiga uma forma com furo no meio, levar a geladeira até
    ficar bem consistente e poder ser desenformado.
  4. Desenformar e colocar ameixas e calda por cima, servir gelado.
Categorias: Receitas, Sobremesas | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Filé mignon ao molho gorgonzola

Receitas

 

Filé mignon ao molho gorgonzola

Tipo de Prato: Prato Principal

Tempo de Preparo: 20 minutos

Rendimento: 8 porções

 

Ingredientes

  • 1 kg de filé mignon
  • Tempero a gosto
  • 2 colheres de manteiga
  • 1 cebola
  • 200 ml de vinho branco seco
  • 300 g de gorgonzola
  • 1/2 lata de creme de leite sem soro

 

Modo de preparo

  1. Corte o filé mignon em cubos grandes, tempere a gosto (azeite, caldo de carne, pimenta, alho)
  2. Frite até dourar e reserve
  3. Na panela usada coloque a manteiga e a cebola picada (deixar ate dourar e amolecer)
  4. Adicionar o vinho branco e reduzir até a metade
  5. Acrescente a gorgonzola, mexendo até derreter
  6. Coloque o creme de leite e mexa até engrossar
  7. Junte a carne e sirva

 

Categorias: Prato Principal, Receitas | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Cálculo I – Aula 18 – Diferenciação Implícita

Capa Superior Cálculo 1

 

Derivadas Superiores – Parte 1:

 

 

Dificuldade em Cálculo? Meu site te ajuda. Toda semana uma nova teleaula. Esse canal é excelente! Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Cálculo, Cálculo 1A, Educação | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Picanha ao Molho Madeira com Purê de Batata

Receitas

PICANHA AO MOLHO MADEIRA COM PURÊ DE BATATA

 

Tipo de Prato: Prato Principal

Tempo de Preparo: 45 minutos

Rendimento: 2 porções

 

Ingredientes

  • 1 bife de picanha 350g, aproximadamente 3 dedos de largura
  • 2 dentes de alho
  • 1 pimenta-de-cheiro
  • 1 suco de meio limão
  • 1/2 cebola picada
  • 1 pitada de pimenta-do-reino
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 sachê de molho madeira pronto
  • 2 batatas médias
  • 1 creme de leite
  • 300 ml de leite
  • 1 pitada de noz-moscada
  • 1/2 xícara de queijo meia cura ralado
  • 1/2 xícara de queijo mussarela ralado ou fatia picado
  • 1/2 colher (sopa) de manteiga

 

Modo de Preparo

Carne:
  1. Em um pilão ou copo, adicione o alho, a pimenta-de-cheiro picada, o sal, o limão, a pimenta-do-reino e a cebola e amasse até obter uma pasta
  2. Acrescente o azeite e misture
  3. Faça alguns furos na carne com a ponta da faca e passe essa mistura sobre a carne
  4. Deixe descansar por 15 minutos e depois embrulhe em plástico para assados
  5. Coloque para assar em fogo médio 180° C, por 12 minutos (ao ponto) depois de retirar do forno, deixe descansar por 7 minutos

 

Purê:
  1. Coloque as batatas para cozinhar
  2. Amasse as batatas cozidas ou bata no processador
  3. Em uma panela, coloque a massa da batata e acrescente a manteiga e mexa sem parar em fogo baixo
  4. Acrescente o creme de leite e o leite aos poucos, até ficar na consistência desejada do purê, sempre mexendo sem parar
  5. Acrescente a noz moscada, o queijo meia cura e a mussarela e mexa até que derretam, acerte o sal
  6. Aqueça o molho madeira em uma panela por uns 5 minutos ou até levantar fervura
  7. Em um prato, coloque o purê como uma “cama”
  8. Corte a picanha em fatias não muito finas e coloque sobre o purê e acrescente o molho madeira por cima da carne
Categorias: Molhos, Prato Principal, Receitas | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Cálculo I – Aula 17 – Derivadas de Funções Trigonométricas

Capa Superior Cálculo 1

 

Regra da Cadeia – Parte 1

 

 

Dificuldade em Cálculo? Meu site te ajuda. Toda semana uma nova teleaula. Esse canal é excelente! Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Cálculo, Cálculo 1A, Educação | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Rocambole de Porco

Receitas

rocambole de porco

 

Tipo de Prato: Prato Principal

Tempo de Preparo: 45 minutos

Rendimento: 4 porções

 

Ingredientes

  • 1 kg de lombo suíno aberto em um único grande bife
  • sal a gosto
  • cheiro-verde
  • 1 limão
  • pimenta-do-reino moída a gosto
  • 100 g de mussarela
  • 100 g de presunto
  • 1 colher de manteiga
  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de maionese

 

Modo de Preparo

  1. Abra o bife de lombo e tempere com sal, pimenta, cheiro-verde e limão a gosto
  2. Coloque o bife em uma tábua, recheie com o presunto e a mussarela nesta ordem para evitar que o queijo saia durante o preparo
  3. Enrole a carne apertando bem ao final
  4. Prenda com 3 pedaços de linha ou barbante no início, meio e fim, bem apertado
  5. Unte a forma com manteiga, coloque a peça e cubra com papel alumínio
  6. Asse por 30 minutos
  7. Misture maionese, ovo, junto com sal e cheiro-verde
  8. Retire o papel alumínio, passe o molho e deixe dourar por 10 minutos
  9. O molho evita que a carne fique ressecada então, passe-o quantas vezes for necessário
Categorias: Prato Principal, Receitas, Rocamboles | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Cálculo I – Aula 16 – Derivadas de Funções Trigonométricas

Capa Superior Cálculo 1

Regra da Cadeia – Parte 1

 

Dificuldade em Cálculo? Meu site te ajuda. Toda semana uma nova teleaula. Esse canal é excelente! Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Cálculo, Cálculo 1A, Educação | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Alguns erros que sempre cometemos ao jogar videogame

games

Esses 8 erros nos acompanham na jornada dos games

 

Há alguns erros que fazemos habitualmente. Nós não podemos ajudar a nós mesmos. Mesmo que estejamos fazendo isso, uma parte do nosso cérebro está gritando: “Isto é absolutamente uma coisa que eu não deveria estar fazendo”. Mas de alguma forma, antes mesmo de saber o que fazer, estamos fazendo isso e aquilo.

Às vezes essas coisas acontecem em jogos também. Não importa como você é experiente em Call of Duty, há momentos em que você acha que pode aniquilar vários jogadores que chegam ao mesmo tempo, atacando-os com a sua pistola e duas balas no pente. Mesmo se você está jogando jogos Tomb Raider por 10 anos você ainda vai ocasionalmente caminhar até um abismo gigantesco e pensar, eu me pergunto se Lara pode sobreviver essa queda? E então você descobre que ela não pode. Ainda mais quando o último checkpoint ficou na história de tão longe que está da sua posição atual.

Aqui, então, são alguns erros clássicos de jogos de toda a história. Nos deixe alguns relatos de seus “furos” nos comentários abaixo.

O pulo mal julgado

Este é o erro de plataformas arquetípicas: você sabe que você não deve pular até que um único pixel do pé de Mario esteja sobre a borda – mas, em seguida, durante a execução, aquela adrenalina entra em ação, os dedos começam a se contrair e antes mesmo de pensar, você está pressionando o botão … muito cedo, enviando o nosso herói de bigode para mergulhar no abismo. Pela 24ª vez. Você suspira fortemente querendo saber se é possível partir o controle do Super Nintendo ao meio com as suas próprias mãos.

A curva rápida

“Sim, vai ficar tudo bem se eu fizer esta curva fechada a 185 km/h e quando chegar no ápice da curva pressiono o freio, o que poderia dar?! … oh meu deus, meu carro saiu da pista. “

O combo falho dos jogos de luta

Você tem praticado como Ryu por duas semanas, você decorou todos os seus movimentos -e agora você pode executá-los sem sequer olhar para o controle. Em seguida, seus amigos chegam para um campeonatinho de Street Fighter, e está tudo pronto com o seu ataque combo devastador, envolvendo vários chutes giratórios e uma série de socos. A hora H chega. Ryu será glorioso . Ryu será vitorioso . Ryu vai … fazer uma estranha dancinha que você nunca viu antes em suas muitas horas intensivas de treino. Ken chuta Ryu na cara. Ken ganha.

O terrível ataque de pânico para sobreviver

Está tudo bem, está tudo bem. Você tem cinco balas, você tem a sua faca, e se qualquer coisa ferir você , há três medipaks lá atrás na antecâmara. É perfeitamente seguro para ir para esta área inexplorada e… SURPRESA, ZOMBIE ! Oh Jesus, qual é o botão da mira? Qual é o botão da mira?! Oh não, você equipou o espanador em vez da pistola – por que você tinha mesmo esse item em seu inventário? O zumbi está chegando perto. Se você pudesse apenas combinar a arma com o… tarde demais.

A desgraça da granada certeira

Você está jogando “Call of Honor: Modern Fighting”. “Hey, posso acabar com uma sala cheia de inimigos com este granada”, você pensa. “Eu só preciso apertar e … espere, qual é o botão de arremesso de grana mesmo? Aaah sim, é esse. OK, toma isso! Ah não, a granada saltou para fora de uma estrutura previamente invisível e acima da minha cabeça e agora está embaixo dos meus pés. Será que dá tempo de pegá-la e jogá-la de novo?” [Som alto de explosão]. “Não, não dá!”.

Remorso de seleção de personagens

Você está á 20 horas em uma vasta aventura role-playing intitulada “Final DragonFable XVII”. No início, o jogo permite que você selecione a partir de um número de diferentes classes de personagens; você poderia ter pego o poderoso guerreiro, sábio Sage, arqueiro Olho-Águia ou Dread Warlock. Mas não pegou nenhum desses. Sentindo-se travesso e contrário, você optou por um “Wandering Minstrel” . Agora, diante de um gigantesco dragão infernal  de nível 40 cujo hálito de fogo possa  ter destruído uma grande aldeia, a sua decisão está parecendo muito menos divertida. Você procura desesperadamente através de seus poderes especiais para a opção mais devastadora. Que acaba sendo a “plaintive ballad”. Você falha.

A catástrofe do Savegame atrasado

Você pode definitivamente superar esta fase do jogo antes de salvar, não vai ser nenhum problema. Quer dizer, tudo que você tem a fazer é matar o exército orc, em seguida, evitar as armadilhas das flechas envenenadas, e por fim, matar o chefão de nível máximo.

Mas, quatro horas mais tarde, o chefe te mata – com apenas uma lasca de saúde restante no seu medidor de vida. “Recomeçar do último jogo salvo?” Zomba o menu do jogo. Uma parte de seu cérebro lhe permite fantasiar que você realmente salvou o jogo, logo após o abate daqueles 300 guerreiros orc.

Então o jogo é reiniciado. Logo no início do nível. Você morre um pouquinho por dentro.

A visão exagerada de suas próprias habilidades

São os últimos segundos do seu jogo Fifa 16 entre Norwich e Barcelona. O resultado é 1-1, mas o seu atacante está indo em direção a área de penalty do Barça sem zagueiros nas proximidades, é um tiro certo para a vitória. Você está prestes a conquistar o título da Liga dos Campeões de volta para East Anglia, mas mais importante que isso, é que você está segundos perto de bater o seu melhor amigo, que sempre joga como Barcelona – e sempre ganha. Mas não desta vez. Não desta vez, Messi. Está tudo acabado, e … Ei, por que não cobrir o goleiro? Ele está fora de sua linha, ele está vindo até a bola, você sabe os botões certos – que melhor maneira de fechar a sua lista de conquistas com essa iminente realização? Eles vão falar sobre isso por anos. Você pressiona o botão de habilidade e aperta o botão de chute.

A bola passa por cima do goleiro e acerta o travessão. O apito. Depois de um tempo extra, Norwich perde nos pênaltis. Agora, durante toda a semana, sempre que o seu amigo vê-lo comendo, ele pergunta: “Você quer cobrir com isso?” Você acha que, talvez, esta amizade já deu no que tinha que dar. Além disso, você nunca poderá jogar video game novamente.

 

Pois é, muito nos frustaram essas resvaladas… Valeu a leitura e atá a próxima!

Categorias: Entretenimento, Games | Tags: | Deixe um comentário

Enquete – Impeachment: você é a favor ou contra?

Capa Opinião

 

Saiba um pouco mais sobre o tema e dê sua opinião

 

O tema é polêmico, causa muio conflito, mas aqui estão alguns dados para quem é leigo no assunto. Abaixo adicionei uma enquete para saber sua opinião. Dia 16 deste mês postarei a minha. Segue alguns esclarecimentos:

 

1. IMPEACHMENT – conceito

O impeachment, palavra inglesa que significa impedimento, objetivamente, pode ser conceituado como um ato pelo qual se destitui, mediante decisão do Poder Legislativo, o ocupante de cargo governamental suspeito/acusado de praticar atos graves (crimes de responsabilidade) contrários aos deveres funcionais.

1.1. CRIMES DE RESPONSABILIDADE E IMPEACHMENT

Conforme destacamos, o processo de impeachment é instaurado para apurar o possível cometimento de crimes de responsabilidade.

Mas, o que são crimes de responsabilidade???

Crimes de responsabilidade são infrações político-administrativas cometidas, normalmente, por agentes políticos, que violam a Constituição e a lei que regulamenta esse tipo de infração. (Lei 1.079/1950, parcialmente recepcionada pela CF88)

Nossa Constituição Federal, em seu artigo 85, estabelece, de forma exemplificativa, alguns crimes de responsabilidade do Presidente da República.

Art. 85. São crimes de responsabilidade os atos do Presidente da República que atentem contra a Constituição Federal e, especialmente, contra:

I – a existência da União;

II – o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das unidades da Federação;

III – o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;

IV – a segurança interna do País;

V – a probidade na administração;

VI – a lei orçamentária;

VII – o cumprimento das leis e das decisões judiciais.

Parágrafo único. Esses crimes serão definidos em lei especial, que estabelecerá as normas de processo e julgamento.

Em face do princípio da reserva legal, esses crimes deverão ser definidos em lei especial federal.

Nessa linha, segundo o STF, “a definição dos crimes de responsabilidade e o estabelecimento das respectivas normas de processo e julgamento são da competência legislativa privativa da União”. (Súmula Vinculante 46)

Em face dessa competência da União, vale ressaltar que “o Estado-membro não dispõe de competência para instituir, mesmo em sua própria Constituição, cláusulas tipificadoras de crimes de responsabilidade, ainda mais se as normas estaduais definidoras de tais ilícitos tiverem por finalidade viabilizar a responsabilização política dos membros integrantes do Tribunal de Contas. A competência constitucional para legislar sobre crimes de responsabilidade (e, também, para definir-lhes a respectiva disciplina ritual) pertence, exclusivamente, à União Federal. ” (ADI 4.190-MC-REF, rel. min. Celso de Mello, julgamento em 10-3-2010, Plenário, DJE de 11-6-2010.)

Ademais, é importante mencionar que “o Regimento Interno da Câmara dos Deputados e do Senado podem ser aplicados, subsidiariamente, ao processamento e julgamento do impeachment, desde que as normas regimentais sejam compatíveis com os preceitos legais e constitucionais pertinentes, limitando-se a disciplinar questões interna corporis.” (ADPF 378-MC, rel. p/ o ac. min. Roberto Barroso, julgamento em 16-12-2015, Plenário, DJE de 8-3-2016)

2. IMPEACHMENT – processo e julgamento – disposições constitucionais

Vejamos agora qual o rito definido na Constituição para o processo e julgamento dos crimes de responsabilidade.

1º – a apresentação da representação contra o Presidente da República

Segundo o art. 14 da Lei 1.079/1950, “é permitido a qualquer cidadão denunciar o Presidente da República ou Ministro de Estado, por crime de responsabilidade, perante a Câmara dos Deputados”.

O STF entende que o presidente da Câmara dos Deputados tem competência para fazer o exame inicial dessa representação, podendo, inclusive, rejeitá-la, caso entenda que a acusação é patentemente inepta ou despida de justa causa, sujeitando-se, contudo, ao controle do Plenário da Casa, mediante recurso (…)’.MS 20.941-DF, Sepúlveda Pertence, DJ de 31-8-1992.” (MS 23.885, rel. min. Carlos Velloso, julgamento em 28-8-2002, Plenário, DJ de 20-9-2002.) Vide: MS 30.672-AgR, rel. min. Ricardo Lewandowski, julgamento em 15-9-2011, Plenário, DJE de 18-10-2011.

Em havendo o aceite da representação pelo presidente da Câmara, deve ser feita a votação para escolha da comissão especial para elaboração de parecer a ser, ulteriormente, submetido ao Plenário da Casa.

2º – juízo de admissibilidade na Câmara dos deputados

Entende-se por juízo de admissibilidade, a competência dada à Câmara dos Deputados para, privativamente, autorizar, por dois terços de seus membros, a instauração de processo contra o Presidente e o Vice-Presidente da República e os Ministros de Estado. (Art. 51, I)

Destaca-se que essa atuação da Câmara restringe-se à autorização para que o Senado possa analisar o processo de possível cometimento de crime de responsabilidade.

Em havendo a autorização da CD, por 2/3 de seus membros (342 deputados), o processo deverá ser submetido ao Senado, a quem competirá decidir se instaura ou não o processo.

3º – processo e julgamento no Senado Federal

A Constituição Federal, em seu artigo 86 caput, dispõe que admitida a acusação contra o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabilidade.

O inciso I do artigo 52, por sua vez, diz competir, privativamente, ao Senado Federal processar e julgar o Presidente e o Vice-Presidente da República nos crimes de responsabilidade, bem como os Ministros de Estado e os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica nos crimes da mesma natureza conexos com aqueles.

Aqui merece destaque o entendimento do Supremo Tribunal Federal, o qual, por maioria de votos, julgou parcialmente procedente a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 378, para assentar que:

a) a Câmara dos Deputados apenas dá a autorização para a abertura do processo de impeachment;

b) cabe ao Senado fazer juízo inicial de instalação ou não do procedimento, por maioria simples;

c) o afastamento do presidente da República ocorre apenas se o Senado abrir o processo.

Segundo o STF, o juízo de admissibilidade do pedido de impeachment por parte do Senado (que, uma vez aceito, resulta no afastamento do presidente da República) exige maioria simples, com a presença da maioria absoluta. A condenação, porém, necessita de maioria qualificada (dois terços dos membros).

4º – efeitos da condenação por crime de responsabilidade

A Constituição Federal, quanto ao processo e julgamento do processo de impeachment, estabelece que funcionará como Presidente o do Supremo Tribunal Federal, limitando-se a condenação, que somente será proferida por dois terços dos votos do Senado Federal, à perda do cargo, com inabilitação, por oito anos, para o exercício de função pública, sem prejuízo das demais sanções judiciais cabíveis.

Perceba!!!

O julgamento se dá no Senado, contudo a sessão será presidida pelo Presidente do STF.

Outra ponto relevante: a condenação, que exige 2/3 do Senado (54 senadores).

Não confunda!!!

Exige-se, apenas, maioria simples para a instauração do processo no Senado.

Entretanto, a condenação somente ocorre por quórum qualificado de 2/3 do Senado.

3. Notas conclusivas

Em caso de impedimento do Presidente e do Vice-Presidente, ou vacância dos respectivos cargos, serão sucessivamente chamados ao exercício da Presidência o Presidente da Câmara dos Deputados, o do Senado Federal e o do Supremo Tribunal Federal.

Em havendo a vacância dos cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, far-se-á eleição noventa dias depois de aberta a última vaga. Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei. Em qualquer dos casos, os eleitos deverão completar o período de seus antecessores.

Agora é sua vez, vote! Sábado postarei minha opinião. Saudações e obrigado pela visita!

Categorias: Opinião | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Maionese Temperada de Lanchonete

Receitas

Maionese Temperada de Lanchonete

 

Tipo de Prato: Acompanhamento

Tempo de Preparo: 10 minutos

Rendimento: 5 porções

 

Ingredientes

  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 ovos inteiros
  • salsinha e cebolinha picadas
  • 1 colher (sopa) de suco puro de limão
  • 1 colher (chá) de mostarda
  • pimenta-do-reino a gosto
  • 1 colher (chá) de tempero de ervas finas (opcional)
  • 250 ml de óleo de soja

 

Modo de Preparo

  1. Bata no liquidificador o sal, o tempero, os ovos, o suco de limão e a mostarda
  2. Despeje o óleo em fio e continue batendo por mais 2 minutos ou até obter um creme denso
  3. Adicione a salsa e a cebolinha e bata por mais alguns segundo, sempre adicionando o óleo
  4. Bata até obter uma consistência firme e desligue o liquidificador
  5. Coloque a maionese em um pote e leve à geladeira
Categorias: Acompanhamentos, Receitas | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Cálculo I – Aula 15 – A Derivada de uma Função

Capa Superior Cálculo 1

Derivada de uma função – Parte 2

 

 

Dificuldade em Cálculo? Meu site te ajuda. Toda semana uma nova teleaula. Esse canal é excelente! Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Cálculo, Cálculo 1A, Educação | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Filé de Frango ao Molho Provolone Com Milho

Receitas

 

Filé de Frango ao Molho Provolone Com Milho

 

Tipo de Prato: Prato Principal

Tempo de Preparo: mais de 1 hora

Rendimento: 8 porções

 

Ingredientes

Ingredientes Para Grelhar o Frango:

  • 1 kg de filé de frango
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 3 dentes de alho amassados
  •  150 ml de vinho branco seco
  •  manteiga e azeite de oliva o quanto baste.

Ingredientes Para o Molho Provolone Com Milho:

  • 3 xícaras (chá) de leite
  • 200 ml de creme de leite
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 dente de alho amassado
  • 2 colheres (sopa) de amido de milho
  • 1 lata de milho verde escorrido
  • 174 g de queijo provolone cortado em cubinhos pequenos

Ingredientes Para o Molho Provolone Com Milho:

  • os filés grelhados
  • o molho provolone com milho

 

Modo de Preparo

Para grelhar o frango:

  1. Tempere os filés de frango com o sal, pimenta, alho e vinho.
  2. Em uma grelha coloque manteiga e azeite o quanto baste para grelhá-los.
  3. Doure os filés e reserve.

Molho Provolone Com Milho:

  1. Em uma panela colocar o leite, sal, pimenta, manteiga, amido de milho, o milho e levar ao fogo, mexendo constantemente até engrossar.
  2. Adicione o creme de leite e o queijo provolone, deixe no fogo até derreter o queijo.
  3. Reserve.

 

Montagem:

  1. Colocar em um refratário os filés, por cima cubra com o molho provolone com milho.
  2. Leve ao forno para gratinar por alguns minutos.
  3. Bom apetite!
Categorias: Aves, Molhos, Prato Principal, Receitas | Tags: , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cálculo I – Aula 14 – A Derivada de uma Função

Capa Superior Cálculo 1

Derivada de uma Função – Parte 1

 

 

Dificuldade em Cálculo? Meu site te ajuda. Toda semana uma nova teleaula. Esse canal é excelente! Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Cálculo, Cálculo 1A, Educação | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Cálculo I – Aula 13 – Funções Contínuas

Capa Superior Cálculo 1

Funções Contínuas  – Parte 2

 

 

Dificuldade em Cálculo? Meu site te ajuda. Toda semana uma nova teleaula. Esse canal é excelente! Bons estudos!

Categorias: Agronomia, Cálculo, Cálculo 1A, Educação | Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: